Arquivos da Categoria: Tendências

Qual é o meu estilo?

A pergunta que serve de título a este post é uma das que ouço com mais frequência. Não só por parte de clientes mas também de alunos ou amigos. Homens e mulheres.

“Qual é o meu estilo?” “O que é que me fica melhor?” “O que é que devo usar conforme o meu corpo?”

A grande maioria das pessoas tem bastante dificuldade em definir a sua própria imagem porque, muitas vezes, aquilo que pensam sobre si mesmas pode estar ligeiramente distorcido. Há muitas pessoas (mais as mulheres, neste ponto) que adoram comprar roupa e experimentar as últimas tendências. Na maior parte dos casos, ficam com a ideia de que gostam de tudo e que o seu estilo é ecléctico e até “esquizofrénico”, como já mo disseram muitas vezes. É sempre mais fácil encontrar uma peça que é “a cara” da nossa amiga do que definir a nossa própria imagem. Identificam-se?

capsulewardrobebulletjournal-1200x800

Por sentir que há muitas questões relacionadas com a imagem, com as compras, com o que melhor se adequa a cada pessoa, com a gestão dos guarda-roupas (ou a dificuldade em lidar com os excessos que estão lá dentro) e com a definição do estilo, decidi criar o curso de Estilo Pessoal. Embora já o tivesse apresentado aqui, considero que o tema merece um post específico.

A primeira edição é para senhoras mas, está para breve um curso inteiro dedicado ao público masculino. E a quem em concreto se destina esta formação?
• A todas as mulheres que pretendam ganhar mais confiança na sua imagem
• A quem sempre sonhou em fazer uma consultoria de imagem completa
• A quem quer poupar tempo e dinheiro
• A quem pretende ter um guarda-roupa funcional, com peças versáteis
• A quem quer ganhar uma rotina de cuidados eficiente, tanto com a roupa como com a maquilhagem
• A quem quer aumentar a sua auto-estima e ganhar mais confiança em si
• A quem quer escolher com segurança o que vestir em todas as ocasiões

E tendo em conta os pontos que enumerei no início deste artigo, estes foram os objectivos que defini para este curso:

  • Identificar o estilo, universo visual e as prioridades de cada participante
  • Potenciar a imagem de cada pessoa, alinhado-a com o estilo de vida
  • Dar a conhecer os diferentes tipos de corpo e a sua valorização
  • Conhecer a paleta de cores mais favorável e aprender a coordená-las
  • Simplificar a relação com o guarda-roupa através de um processo de triagem eficiente
  • Eliminar a sensação de “não ter nada para vestir”
  • Facilitar o processo de compra, tornando-o eficaz e assertivo
  • Desconstruir ciclos de consumo impulsivo
  • Aprender a construir looks versáteis e adequados a diversas situações
  • Ganhar mais confiança na escolha de texturas, cortes e acessórios
  • Saber que cortes de cabelo são mais adequados
  • Dominar as técnicas de maquilhagem, adaptando-as à realidade e necessidades de cada participante
  • Dar autonomia às participantes relativamente a questões relacionadas com a imagem, valorizando a sua autoestima e confiança pessoal

E como vamos consegui-lo? Através de muitos exercícios práticos que serão desenvolvidos ao longo destes quatro módulos:

Módulo 1 – Identidade Visual – com Marta Monteiro e Dora Dias – 3h
Objectivos pessoais | Pontos de partida e prioridades: o que originou a vontade/necessidade de mudar?  | Relação emocional com a roupa

· Módulo 2 – Styling estratégico com Dora Dias – 3h
Estilo de vida VS Universos visuais | Estilo e comunicação | Fórmulas chave | Coordenação e mensagens |  Linguagem das cores | Padrões | Fitting, materiais e texturas

· Módulo 3 – Guarda-roupa, compras e provas com Dora Dias – 12h
• Triar – desintoxicar o guarda-roupa
• Organizar – Armário | gavetas | acessórios
• Comprar – Planeamento | Assertividade | Prazer
• Coordenar –  Referências visuais | Objetivos | Exercícios práticos
• Experimentar – Sessão prática de compras em lojas

· Módulo 4 – Beleza e maquilhagem com Anabela Gonçalves – 6h
Tipos de pele e cuidados a ter / os diferentes produtos
Maquilhagem natural / Maquilhagem para eventos – aplicação prática

98ecd3a4a4139346ff340b322e071535

Quando vai decorrer? Às quintas-feiras, entre as 19h e as 22h, de 30 de Março a 11 de Maio.

Quanto custa? €190 (Podem consultar-nos aqui para mais informações sobre condições de pagamento).

Onde e como se podem inscrever? Aqui.

Um guarda-roupa funcional, sem excessos e que seja o reflexo de quem o construiu faz todo o sentido nos dias que correm. A roupa e os acessórios, além de adequados a cada pessoa e às situações do seu dia a dia, podem e devem ser escolhidos com prazer. E é exactamente essa a nossa proposta.

Guardar

10 tendências

A convite da produção do Agora Nós da RTP 1, fui ontem falar sobre tendências para a próxima estação.

Deixo um resumo das principais tendências de senhora, numa versão street style.

Anotem:

1-Riscas largas e coloridas. (verticais ou horizontais)

2 – Inspiração nos anos 70 (camurças, calças à boca de sino, franjas, tons terra, sandálias com plataformas altíssimas)

3 – Romance (vestidos lingerie, folhos, rendas, ombros à mostra)

4 – Metalizados (brilhar durante o dia – porque não?)

5 – Ganga (look integral – vejam como usar aqui)

6 – Saias midi (continuam a usar-se a direito ou rodadas)

7 – Blocos de cores fortes

8 – Blusões (os bomber jackets querem-se bordados ou estampados)

9 – Carteiras pequeninas ou mochilas

10 – Brincos ao poder – quanto mais vistosos, melhor

trendsss20162 trendsss20163 trendsss20164 trendsss20161 trendsss2016

Qual é a vossa preferida? Vão escolher alguma para esta estação?

The blues

Foi em França, no século XVII que surgiu a palavra denim. Nasceu da expressão serge de Nîmes e não era ganga. Era um tecido feito de seda e lã.

EUA – século XIX: o algodão pesado, tingido de anil e usado em roupas de trabalho fabris ganhou o mesmo nome.

A ganga, tal como a conhecemos hoje em dia, é um dos materiais mais comuns por esse mundo fora e a sua presença na moda tem sido cíclica. Infomal por excelência, tem sido tendência repetente nas últimas estações.

E agora que a Primavera está mesmo à porta, faz sentido olhar para a ganga com um pouco mais de atenção. E porque nem só de calças vive uma mulher, sites como o net-a-porter ou o Asos, criaram uma categoria específica para incluir um pouco mais do que as blue jeans.

Deixo-vos uma selecção de coordenados inspiracionais, versão street style.

Denim3

Para as corajosas. Porque é que estes dois coordenados resultam? Porque as texturas são diferentes. No primeiro, a t-shirt, o acolchoado do casaco, o lenço e a clutch acrescentam informação e quebram  a monotonia do azul. No segundo coordenado, embora o material seja o mesmo, as texturas fazem com que haja diferentes pontos de foco, o que torna tudo mais interessante.

Denim8

Nestes dois coordenados há um espírito ligeiramente andrógino e elegante que funciona bem. O ton sur ton do primeiro é realçado pelos acessórios masculinos e pelo corte do casaco. No segundo, a piada está no contraste entre o volume do blusão e os sapatos mais delicados. São ambos urbanos e fáceis de usar.

Denim5

Estrutura e fluidez – O primeiro look tem um ar mais arrumado porque a ganga foi coordenada com um blazer clássico e acessórios sofisticados e rígidos (clutch e pulseira). A fluidez da carteira e do casaco fazem com que o segundo fique num plano completamente informal.

Denim6

White and blue – o casamento perfeito. A ganga desfiada é de evitar em ambientes de trabalho, a não ser que sejam áreas bastante criativas.

Denim4

Bad girl VS Good girl – Denim em versão rockeira ou em versão romântica. O preto acentua o lado mais rude da ganga. Os tons pastel e os sapatos nude, dão-lhe uma leitura completamente diferente, de menina bem comportada.

Denim7

Acessórios ao poder – camurças, pele, lenços, franjas e um eterno clássico – ganga + pratas e turquesas. Não há como falhar.

Denim2

Country girl – jardineiras e saltos quadrados ou ombros à mostra, folhos e uma saia rodada – duas versõs citadinas com um espírito campestre e primaveril como pano de fundo.

As opções são muitas e, se não conseguem viver sem ganga, inspirem-se e entrem neste blue spirit sem tristezas.

Into the wild em 12 looks

Anda por aí há (muitos muitos) anos e tem um lugar bem marcado na categoria dos clássicos. Para a maior parte das mulheres, usar peças ou acessórios com padrão de leopardo ainda é um desafio enorme. É compreensível – mal coordenado pode ter um aspecto vulgar. Dar nas vistas por maus motivos, não interessa a ninguém.

Os clássicos, independentemente das tendências, aparecem em todas as estações, o que significa que é fácil comprar uma peça com este padrão em qualquer altura do ano.

Se adoram e querem arriscar, inspirem-se nos looks escolhidos.

Para as mais tímidas, começar por usar este padrão em sapatos é o mais simples. Evitem um look monocromático. Se vestirem tudo de uma cor só, as atenções estarão, inevitavelmente, nos pés. O ideal será misturar algumas cores ou outros padrões para que haja um harmonia e o vosso coordenado seja actual.

leopard 4

Para uma segunda fase, arrisquem numas calças ou numa saia. A ideia será dividir as atenções entre o padrão e:

I) Texturas mais sofisticadas como sapatos em verniz ou camisas de seda.

II) Coordenação de cores e materiais. A combinação de malhas com sapatos rasos faz com que o padrão tenha uma leitura bem mais soft e confortável, como podem ver na segunda imagem.

III) Risco elevado – coordenar com padrões completamente diferentes. Funciona. E bem.

leopard 3

Em partes de cima – casaco, camisolas ou cardigans. Pode ser um desafio maior porque estão a ver este padrão perto do rosto. Os tons do leopardo não ficam tão bem a quem tenha um tom de pele amarelado. O ideal será usar um acessório ou uma camisa mais perto do rosto, numa cor que vos favoreça. Um baton forte também é um bom truque.

Com ganga fica com um ar informal. Com branco, fica super elegante. Não se esqueçam dos colares – mais informação torna tudo mais actual.

leopard 2

Por fim, três versões – um tailleur bem coordenado com um casaco numa cor neutra, os acessórios certos e uma carteira colorida, pode ser a mistura perfeita para o dia a dia.

A segunda imagem resulta bem para o fim de semana. E, finalmente, para as eternas tímidas, mostrar apenas o forro de um casaco é a maneira mais discreta de usar este print.

leopard 1

Prontas para arriscar?

 

Monday mood

Inspiração para hoje: cor! Três looks para esta segunda-feira que se quer energética e divertida!

As propostas incluem um pouco daquilo que a nova estação nos vai trazer – tons pastel, o luxo desportivo, os metalizados no dia a dia, os padrões fortes, os bomber jackets, os brincos compridos e as carteiras brancas.

Mondaycolor2

Monadycolor1

Mondaycolor3

As marcas estão todas no Polyvore da Blossom, aqui.

752f8bdd005192dff429a0b0178a21c0

4 ideias para a nova estação

Setembro traz um novo fôlego. Há novidades e vontade de incluir peças da nova colecção no guarda-roupa. As tendências que aí vêm são imensas e, acreditamos que há ideias para quase todos os gostos.

Embora não sejamos defensores de um consumo desenfreado ou da adopção sistemática de tendências a cada estação, deixamos quatro ideias que vos podem ajudar a construir coordenados simples para o início da temporada.

  • Mangas compridas – o tempo, felizmente, ainda não exige casacos muito grossos ou malhas. As mangas compridas trazem uma sensação de mudança. Optem por materiais leves e dobrem-nas para um look mais atual.

mangascompridas

 

  • Tons terra – Os anos 70 são uma tendência fortíssima e trazem-nos vestidos florais, calças à boca de sino, veludo e camurças, blusas com folhos e, inevitavelmente, os tons terra. Estas cores não são as ideais para a maioria das pessoas, principalmente quando a pele já está menos bronzeada. Enquanto o ar saudável das férias se mantiver, é hora de arriscar.

tonsterra

 

  • Saias midi (ou como quem diz, abaixo do joelho) – Andam por aí há algum tempo. Continuam presentes na próxima estação. São versáteis. Há modelos a direito, plissados ou evasé. Para as meninas mais baixinhas ou cujas pernas sejam mais robustas, uns saltos altos tornam a silhueta mais elegante.

saiasmidi

 

  • Cinturas ao alto – Nas calças ou nas culottes, com partes de cima em tons aproximados, marcar a cintura é um dos melhores truques para parecer mais alta e mais magra.

cinturassubidas

São sugestões simples mas que, com toda a certeza, criam uma sensação de novidade e abrem a porta da nova estação.

 

b0d1bf7b01cf40148a03d743eaa77ff9

For the love of black

Voltou o frio e com ele os casacos e camisolas. Inevitavelmente, temos tendência para escurecer a paleta de cores nesta altura do ano. Embora as opções sejam numerosas – pensem em azul escuro, bordeaux, cinzas, castanhos ou verdes – a verdade é que o preto faz parte do guarda-roupa de quase toda a gente. E vamos sempre lá parar, seja num acessório, num casaco ou numas calças. Dá jeito. Faz-nos sentir protegidas e elegantes.

Por aqui é uma das cores preferidas. E é por isso que o post de hoje é dedicado aos looks integrais em preto. Para que consigam uma imagem elegante e sofisticada sigam as sugestões:

Mix de texturas – pele, lãs (fazendas grossas ou finas), malhas, sedas,pêlos, brilhos. Vale misturar texturas diferentes para conseguir um resultado sofisticado. Não há nada pior do que um look total em preto onde as peças são “quase parecidas” em termos de material. O “quase” estraga tudo e o resultado torna-se enfadonho.

allblacktext

allblackmat

 

– Estrutura – Se optarem por peças com cortes bem marcados, o resultado torna-se ainda mais elegante e sofisticado

allblackstructure

 

– Sobreposições – combinem peças com alturas diferentes e joguem sobreposições

allblacksobrep

 

Acesórios poderosos – escolham peças com brilhos, texturas marcadas ou apontamentos metalizados.

allblackaccessories2

allblackacessories

 

– Noite – Sedas, sandálias, conjugações de malhas com transparências e materiais nobres – tudo apostas certeiras

allblacknoite

 

O preto é uma cor que pesa sempre um pouco junto ao rosto e por isso, não se esqueçam da makeup. Sigam este passo a passo para um look clean e eficaz!

 

 

As nossas revistas preferidas!

Começamos mais uma semana e desta vez aproveitamos para partilhar as nossas preferências no que se refere a revistas. Sejam em versão tablet ou papel a oferta é cada vez maior e não é difícil arranjar um largo número de preferidas.

Moda, lifestyle, culinária e moda infantil são os temas principais das revistas que temos para partilhar convosco.

A revista The Simple Things é de lifestyle e incentiva-nos a tirar partido das coisas simples para ter uma vida melhor. Há sempre propostas para dedicar tempo a passeios ao ar livre ou a melhorar o ambiente em casa.

tst1

tst3

tst2

Ainda de lifestyle mas a incluir a componente viagens sugerimos a Cereal. Somos fãs!

magazine_floating

cereal 2

cereal1

Virada para a gastronomia sugerimos as revistas Alla Carta que se descreve como uma revista sobre conversas à volta da mesa e a Cherry Bombe, uma revista sobre mulheres e comida.

cherry-bomb-magazine

tumblr_mno3hlZ8S91rigryso1_400

8597a6cfa74defcbde3047c891d78f90

De moda infantil colocamos em evidência a recente publicação nórdica Lillenord, revista com imagens lindas e ótimas sugestões em termos de moda e decoração para os mais pequenos. a Milk é outro título dedicado ao universo infantil. Sendo bem mais antiga, continua a ter páginas que são uma verdadeira inspiração.

De moda sugerimos as publicações inglesas bi-anuais Lula e a mais recém criada Violet. São revistas com produções de moda e entrevistas e remetem para um universo mais girlie.

Lula e violet

Para quem gosta quer ideias acessíveis (as ideias e não os preços das peças!) recomendamos a Red, a Easy Living e a Instyle americana. São sempre apostas certeiras para mulheres urbanas e atentas à moda… sem exageros.

Uma excelente semana a todos.