Arquivos da Categoria: Styling

What’s new?

Regressámos muito felizes depois de uma semana óptima em Estocolmo e, como prometido, anunciamos hoje dois novos cursos.

Depois de imensos pedidos, o nosso curso de consultoria de imagem tem agora uma versão online. Para todas as pessoas que não têm a possibilidade de se deslocar a Lisboa, adaptámos os conteúdos a este formato. E porque queremos manter o lado intimista da nossa formação, optámos por dar todas as sessões em directo. Assim, sentimos que conseguimos manter mais vivo o nosso habitual espírito de partilha, criando uma dinâmica mais interessante e maior interacção entre os participantes. Sharing is caring!

Vamos começar no dia 2 de Abril e terminamos a 6 de Junho. As sessões são em horário pós-laboral, duas vezes por semana, entre as 19h e as 22h (hora de Lisboa). Para mais informações e inscrições, basta entrar em contacto connosco, aqui.

CCIOnline

E porque uma das vertentes importantes do nosso curso de Consultoria de Imagem é presencial, nem tudo pode ser feito online. Pelo menos, não para nós na Blossom. Assim, considerámos fundamental criar um curso de curta duração intensivo que funciona como um laboratório onde os participantes do curso online podem aprender as nossas técnicas, ao vivo. Esta formação pode ser vista também um refresh para antigos alunos Blossom que tenham interesse em reavivar a nossa metodologia e técnicas.

Ao longo de 18 horas distribuídas durante um fim de semana (29 e 30 Junho + 1 de Julho), o curso CI: Lab inclui a nossa metodologia de análise de cor e respectivo kit de colorimetria, uma sessão de Personal Shopping + visita de estudo e também uma Oficina com cliente. Os formandos podem experienciar a vertente prática e absorver todos os benefícios que daí advêm. Inscrições e mais informações aqui.

CCILABPRESENCIAL

E em Abril arranca a terceira edição do nosso curso de Estilo Pessoal às quintas-feiras. Para acabar com a célebre queixa “Não tenho nada para vestir!”, reunimos as nossas estratégias e convidámos a Marta Monteiro e a Anabela Gonçalves para se juntarem a nós como formadoras. Começamos com uma primeira etapa de autoconhecimento e concluimos o curso com duas sessões práticas de auto-maquilhagem. Pelo meio, há todo um percurso prático que ajuda as participantes a melhorar a sua relação com o guarda-roupa e estilo. Mais informações aqui.

CEPPRESENVIAL

Esperamos que fiquem tão entusiasmados como nós que mal podemos esperar para começar! Até breve!

 

Swedish mood

Trocámos Lisboa por Estocolmo durante esta semana e as ruas têm sido uma inspiração. E foi com base no mood que se vive por aqui que voltámos aos coordenados. Há um misto de minimalismo e vintage que se manifesta em blocos de cor neutros, casacos volumosos e uma sobriedade despreocupada.

Deixamos quatro sugestões inspiracionais. Se quiserem descobrir de onde são as peças que usámos, podem seguir-nos aqui também.

Swedish mood 3

 

Swedish Mood 2

 

Swedish mood 4

 

Swedish mood 1

Esperamos que gostem!

Para perder o medo das cores

Uma das formas mais comuns para usar uma peça de cor viva é misturá-la com PRETO. É assim que vejo a maioria das clientes e alunas da Blossom a coordenar a sua roupa. Quando não é preto, é ganga. Estas duas áreas de segurança têm dois problemas:

1 – O preto destaca qualquer cor que se coloque ao seu lado. Por ser tão escuro, o contraste sobressai e a cor é sempre muito evidente. Para muitas pessoas, até em demasia. Então, aquelas calças encarnadas acabam por sair muito pouco do armário.

2 – A ganga, no seu universo de segurança e discrição, acaba por se tornar aborrecida. Coordenar uma peça com cor com calças de ganga, dia após dia, cria a sensação de que não há nada de novo e de que a pessoa se veste sempre da mesma forma.

corganfablossomic

corpretoblossomic

Para contrariar estes dois aspectos, a minha sugestão é que percam o medo e misturem cores. Há muitas formas de o fazer, com base no círculo cromático, nas tendências ou, simplesmente na intuição. Pessoalmente, sou fã desta última. Por mais que possam existir harmonias de cores estudadas e que “ficam bem” entre si, se o nosso gosto lhes torcer o nariz, para quê forçar?

Deixo-vos algumas sugestões e se ficarem com vontade de ver ainda mais, podem visitar o Pinterest da Blossom, aqui.

corescores1

corescores3

corescores4

corescores2

Com vontade de experimentar? Arrisquem porque é divertido. E se sentirem a necessidade de ficar a conhecer a paleta de cores que melhor favorece o vosso rosto, podem experimentar o nosso Estudo de Cores.

Março em agenda

Se Fevereiro foi um mês cheio de novidades na Blossom, Março não se afigura diferente.

A primeira edição de 2017 do curso de consultoria de imagem aos Sábados de manhã tem data marcada para 4 de Março.

Março é também o mês em que regressa o muito desejado curso de Motivação Pessoal com a Marta Monteiro.  Outra das novidades é o curso Marca: Passo a Passo com a Susana Rodrigues. Depois de esgotadas as primeiras edições dos cursos de Comunicação Digital I e II, avançamos agora para esta nova formação que se destina a todas as pessoas que têm que gerir uma marca e responder a todas as solicitações do dia a dia profissional.

IMG_0016

E por último, o curso de Estilo Pessoal. Depois de muitas edições dos workshops “Será que me fica bem?” e “Estilo: mais por menos”, a necessidade de aprofundar conhecimentos e poder dar ferramentas mais completas às participantes levou-nos a criar este curso. Questões como: “Qual é o meu estilo?” “O que é que devo usar em determinadas ocasiões?” “Como posso comprar roupa de forma mais consciente e assertiva?” “Como é que devo coordenar a minha roupa, consoante o dress code do local de trabalho?”, entre tantas outras, não podem ter respostas standard porque cada pessoa é diferente.

Nas 3 horas de duração dos workshops, passamos as técnicas base da consultoria de imagem para que cada participante fique com as ideias principais e possa depois explorá-las por si própria.  Desta vez, teremos 24h para que todas as questões possam ser abordadas e trabalhadas durante a formação. O curso parte, como não poderia deixar de ser, do auto-conhecimento e da consciencialização daquilo que cada mulher quer projectar com a sua imagem. Depois de definidos os objectivos, serão então passadas diferentes estratégias para os alcançar. Quanto maior o envolvimento de cada aluna, melhores os resultados.

5ac2c1bbad86d17d9fc416bb9aec7205

O grande objectivo é que cada pessoa faça uma consultoria de imagem completa a si própria e melhore os resultados com um workshop de 6h de auto-maquilhagem. 

Estes serão os módulos do curso:

Módulo 1Identidade Visual – com Marta Monteiro e Dora Dias – 3h
Objectivos pessoais | Pontos de partida e prioridades: o que originou a vontade/necessidade de mudar?  | Relação emocional com a roupa

· Módulo 2Styling estratégico com Dora Dias – 3h
Estilo de vida VS Universos visuais | Estilo e comunicação | Fórmulas chave | Coordenação e mensagens |  Linguagem das cores | Padrões | Fitting, materiais e texturas

· Módulo 3Guarda-roupa, compras e provas com Dora Dias – 12h
• Triar – desintoxicar o guarda-roupa
• Organizar – Armário | gavetas | acessórios
• Comprar – Planeamento | Assertividade | Prazer
• Coordenar –  Referências visuais | Objetivos | Exercícios práticos
• Experimentar – Sessão prática de compras em lojas

· Módulo 4 Beleza e maquilhagem com Anabela Gonçalves – 6h
Tipos de pele e cuidados a ter / os diferentes produtos
Maquilhagem natural / Maquilhagem para eventos – aplicação prática

Para que possam organizar a vossa agenda, deixamos uma síntese dos cursos e respectivas datas. Tudo a partir de 4 de Março. Para mais informações e inscrições, podem contactar-nos aqui.

Curso de Consultoria de Imagem

  • 4 de Março a 3 de Junho de 2017
  • Sábados: 9h30 às 13h30
  • Formação presencial com Dora Dias
  • Valor – €1250

cursoci201714

Curso Marca: Passo a Passo

  • 5 de Março – Domingo – 9h às 13h ou 6 e 7 de Março de 2017 – Segunda e terça-feira – 19h às 21h
  • Formação presencial com Susana Rodrigues
  • Valor – €60

CGMN

 

Curso de Motivação Pessoal

  • 8, 9, 15 e 16 de Março de 2017
  • Quarta e quinta-feira: 19h às 21h
  • Formação presencial com Marta Monteiro
  • Valor – €100

Pointsofyou

Curso de Estilo Pessoal

cursoep2017-1

 

Fórmulas Olivia

Olivia Palermo. Há quem a adore e, como não podia deixar de ser, quem não lhe ache piada nenhuma. Por aqui, gostamos e foi por isso que fizemos uma selecção de imagens para encontrar algumas fórmulas.

A maneira como constrói os seus looks cativa muita gente. Escolhe materiais e formas relativamente clássicas para depois coordenar com acessórios mais trendy. É mestra na mistura de padrões e, acaba por inspirar muitas mulheres porque o risco é sempre muito controlado. Seja pelo pendant de cores ou pela forma clássica como usa o cabelo, a maquilhagem ou a manicure.

Então vamos olhar com atenção.

Fórmula 1 – Matchy Matchy

Se há uma peça mais trendy (na primeira imagem temos o bomber jacket, na segunta as culottes turquesa e na terceira o colete), tudo o resto fica a condizer. Há uma repetição de cores nos acessórios e na roupa para que a peça se destaque e as outras não lhe tirem protagonismo.

opformula2

 

Fórmula 2 – Mixed prints

Os padrões misturados são uma das suas imagens de marca mas, reparem na forma controlada como o faz. Nestas três imagens, a repetição de cores, mantém tudo harmonioso e agradável ao olhar. Para quem gostava de experimentar mas tem pouca coragem, esta pode ser a maneira mais simples de o fazer. Escolham uma repetição de cor (branco e preto é o mais fácil) e do motivo do padrão. Veja a imagem do meio – cores iguais e riscas com riscas.

opformula4

 

Fórmula 3 – Keep it simple

Quando as peças de roupa são simples e clássicas funcionam como uma tela onde os acessórios ficam com o protagonismo. A chave será – roupa lisa +  acessórios vistosos. E assim, porque não arriscar? Esqueçam a carteira a condizer com os sapatos. Já não estamos em 2004. A realidade agora é mais divertida.

opformula1

 

Fórmula 4 – Flat shoes nada aborrecidos

Mesmo quando não há saltos altos, os coordenados são bem trabalhados. E se repararem, há uma repetição do que falámos acima. Na primeira imagem, o colar e a pulseira fazem pendant com as cores das sabrinas. Na segunda imagem, o decote vertiginoso usado de dia foi imediatamente suavizado com um lenço de menina bem comportada e sabrinas nude. E por fim, os sleepers bordados acrescentam interesse aos tons (quase) monocromáticos do coordenado que ainda inclui uma mini bag turquesa.

opformulas4

Uma das sugestões que faço às minhas clientes é que desenvolvam hábitos de pesquisa e reúnam imagens de que gostam e que as inspirem nas suas escolhas diárias.

Espero que estas sugestões vos ajudem e sejam ideias novas para o vosso dia a dia. E não se esqueçam de que há um lado divertido na moda. Não levem tudo tão a sério e esqueçam os certos e errados. Não estão escritos em lado nenhum.

Happy mondays

Segunda-feira com chuva. Uma chatice em dose dupla? Não nos parece.Tem muito mais piada se mudarmos esta perspectiva e encararmos a semana com humor e energia. Há muitas maneiras de o fazer e, uma delas pode ser através daquilo que escolhemos usar.

É esta a nossa área e é por isso que gostamos de vos dar ideias. Não é segredo que os dias começam melhor quando adoramos aquilo que vamos usar. Sempre que nos sentimos bonitas e gostamos (MUITO) das peças e dos acessórios que escolhemos para um coordenado,  temos um boost de confiança e a auto-estima sobe uns quantos degraus.

Hoje criámos 5 looks inspiradores onde os elementos comuns são a cor, os acessórios vistosos e alguns apontamentos metálicos. 

Bem sabemos que esta coisa da “meia-estação” pode ser um desafio quando nos vestimos de manhã. Chove às 9h, está sol à hora de almoço e um gelo no final da tarde. Crazy weather, é verdade mas, é assim e sempre foi. Anotem estas ideias:

1 – As calças são uma das melhores opções.

2 – Escolham sempre sapatos fechados e confortáveis, de preferência com saltos estáveis. Deixem as sabrinas e as camurças para Maio. Pés molhados e sapatos manchados são duas coisas a evitar.

3 – Joguem com sobreposições. Casacos quentes + blusas ou camisas leves + tops básicos por baixo.

4 – Os lenços podem ser uma boa opção para as friorentas. Há muito por onde escolher. Optem por cores que vos fiquem bem junto ao rosto.

5 – Para quem não passa sem saias ou vestidos, escolham meias semi-opacas ou com pouco brilho. Não é realista sair de casa sem elas em Abril, por mais que a moda nos empurre nesse sentido.

happy monday3

 

happy monday5

 

happy monday1

 

happy monday4

 

happy monday2

As marcas que usámos nestes coordenados estão todas no Polyvore da Blossom.

Pins e patches

É uma das micro tendências da estação. Pins e patches em tudo, como decoração, só porque sim. É divertido e muito do it yourself. Até pode ser bom para reutilizar os pins antigos que possam ter guardados no fundo de uma caixa ou para revitalizar uma peça que já não vos dizia muito.

pp2016blossom  pp2016blossom4

Fica-se com aquela sensação de roupa nova, sem gastar quase nada. Longe vão os tempos em que os emblemas serviam para ser cosidos no rasgão de umas calças ou os triângulos em napa reforçavam a abertura de uma saia. Deixem a moderação de lado e arrisquem. A moda tem humor e esta micro tendência joga com isso. Só têm que escolher uma peça com uma textura forte como a ganga, a sarja, uma fazenda ou pele. Se escolherem um material fino para aplicar tudo, não resulta por causa do peso.

pp2016blossom3

pp2016blossom1

pp2016blossom2

Divirtam-se. A moda dá-nos esse prazer.

Sobre o dia de hoje

Celebra-se hoje o dia da mulher e as opiniões sobre esta comemoração dividem-se. Para uns, é completamente desnecessária – “Para quê marcar uma diferença?” Ao fazê-lo, é quase como se as mulheres ainda tivessem que provar alguma coisa num tempo em que isso já não deveria fazer qualquer sentido. Do meu ponto de vista, infelizmente, ainda faz.

O lugar das mulheres na sociedade foi uma conquista. A luta pela igualdade de direitos, por uma voz activa, por respeito e credibilidade, exigiram muito esforço. E continuam a exigir. Ainda há um caminho grande pela frente. É uma questão política. É também uma questão de mudança efectiva de mentalidades e de educação. Acredito que esse tempo vai chegar.

Remetendo para a área em que trabalho e para o contexto deste blog, faz sentido falar da imagem da mulher como reflexo da sua identidade e forma de expressão. O estilo pessoal, enquanto linguagem própria, materializa-se naquilo que escolhemos usar, na forma como nos maquilhamos, no corte de cabelo, nas cores, acessórios ou padrões. A construção da nossa imagem é algo que dá imenso prazer. E ainda bem que assim é.

18391cece9a95b6d67cff6853cc888de

diam2016

Em jeito de celebração, deixo-vos o video de uma mulher inspiradora. Partilho-o sempre numa das aulas do curso de consultoria de imagem. São palavras sábias sobre estilo e expressão individual.

Espero que gostem.

 

 

Monday mood

Inspiração em tons neutros para segunda ou para a semana.

MM2016

Tons pastel e flores. Uma combinação intemporal com um olho na primavera. Para as mais baixinhas, o ideal é usar estas peças com saltos altos. Escolham uns em nude – alongam a perna e são o melhor truque para vos dar uns cms extra.

 

mm20164

Texturas misturadas – lã, camurça e tachas, brincos em osso e botins em pele. A camisa branca e a carteira com corte mais clássico atenuam o espírito boho e fazem com que este coordenado possa funcionar em ambientes de trabalho informais. Se o vosso dress code for semi-formal, troquem as botas por uns sapatos como os do look anterior.

 

mm20163

Os apontamentos brilhantes no colarinho fazem com que este coordenado se torne mais sofisticado. Acrescentem cor com um baton e um verniz encarnados.

 

mm20161

Metalizados, preto e branco e um apontamento de cor – uma fórmula fácil fácil se querem uma imagem trendy e elegante ao mesmo tempo.

 

MM20162

E para quem não prescinde do conforto, as peças fluídas são o ideal. Juntem-lhes cor, uns ténis e uma carteira a tiracolo.

As marcas estão todas aqui.

Into the wild em 12 looks

Anda por aí há (muitos muitos) anos e tem um lugar bem marcado na categoria dos clássicos. Para a maior parte das mulheres, usar peças ou acessórios com padrão de leopardo ainda é um desafio enorme. É compreensível – mal coordenado pode ter um aspecto vulgar. Dar nas vistas por maus motivos, não interessa a ninguém.

Os clássicos, independentemente das tendências, aparecem em todas as estações, o que significa que é fácil comprar uma peça com este padrão em qualquer altura do ano.

Se adoram e querem arriscar, inspirem-se nos looks escolhidos.

Para as mais tímidas, começar por usar este padrão em sapatos é o mais simples. Evitem um look monocromático. Se vestirem tudo de uma cor só, as atenções estarão, inevitavelmente, nos pés. O ideal será misturar algumas cores ou outros padrões para que haja um harmonia e o vosso coordenado seja actual.

leopard 4

Para uma segunda fase, arrisquem numas calças ou numa saia. A ideia será dividir as atenções entre o padrão e:

I) Texturas mais sofisticadas como sapatos em verniz ou camisas de seda.

II) Coordenação de cores e materiais. A combinação de malhas com sapatos rasos faz com que o padrão tenha uma leitura bem mais soft e confortável, como podem ver na segunda imagem.

III) Risco elevado – coordenar com padrões completamente diferentes. Funciona. E bem.

leopard 3

Em partes de cima – casaco, camisolas ou cardigans. Pode ser um desafio maior porque estão a ver este padrão perto do rosto. Os tons do leopardo não ficam tão bem a quem tenha um tom de pele amarelado. O ideal será usar um acessório ou uma camisa mais perto do rosto, numa cor que vos favoreça. Um baton forte também é um bom truque.

Com ganga fica com um ar informal. Com branco, fica super elegante. Não se esqueçam dos colares – mais informação torna tudo mais actual.

leopard 2

Por fim, três versões – um tailleur bem coordenado com um casaco numa cor neutra, os acessórios certos e uma carteira colorida, pode ser a mistura perfeita para o dia a dia.

A segunda imagem resulta bem para o fim de semana. E, finalmente, para as eternas tímidas, mostrar apenas o forro de um casaco é a maneira mais discreta de usar este print.

leopard 1

Prontas para arriscar?