Arquivos da Categoria: Peças Básicas

Into the wild em 12 looks

Anda por aí há (muitos muitos) anos e tem um lugar bem marcado na categoria dos clássicos. Para a maior parte das mulheres, usar peças ou acessórios com padrão de leopardo ainda é um desafio enorme. É compreensível – mal coordenado pode ter um aspecto vulgar. Dar nas vistas por maus motivos, não interessa a ninguém.

Os clássicos, independentemente das tendências, aparecem em todas as estações, o que significa que é fácil comprar uma peça com este padrão em qualquer altura do ano.

Se adoram e querem arriscar, inspirem-se nos looks escolhidos.

Para as mais tímidas, começar por usar este padrão em sapatos é o mais simples. Evitem um look monocromático. Se vestirem tudo de uma cor só, as atenções estarão, inevitavelmente, nos pés. O ideal será misturar algumas cores ou outros padrões para que haja um harmonia e o vosso coordenado seja actual.

leopard 4

Para uma segunda fase, arrisquem numas calças ou numa saia. A ideia será dividir as atenções entre o padrão e:

I) Texturas mais sofisticadas como sapatos em verniz ou camisas de seda.

II) Coordenação de cores e materiais. A combinação de malhas com sapatos rasos faz com que o padrão tenha uma leitura bem mais soft e confortável, como podem ver na segunda imagem.

III) Risco elevado – coordenar com padrões completamente diferentes. Funciona. E bem.

leopard 3

Em partes de cima – casaco, camisolas ou cardigans. Pode ser um desafio maior porque estão a ver este padrão perto do rosto. Os tons do leopardo não ficam tão bem a quem tenha um tom de pele amarelado. O ideal será usar um acessório ou uma camisa mais perto do rosto, numa cor que vos favoreça. Um baton forte também é um bom truque.

Com ganga fica com um ar informal. Com branco, fica super elegante. Não se esqueçam dos colares – mais informação torna tudo mais actual.

leopard 2

Por fim, três versões – um tailleur bem coordenado com um casaco numa cor neutra, os acessórios certos e uma carteira colorida, pode ser a mistura perfeita para o dia a dia.

A segunda imagem resulta bem para o fim de semana. E, finalmente, para as eternas tímidas, mostrar apenas o forro de um casaco é a maneira mais discreta de usar este print.

leopard 1

Prontas para arriscar?

 

widelegvintage

Cinturas ao alto 1#

Durante muito tempo, as cinturas usaram-se descidas. Tão descidas que chegaram a ser objecto de estudo. O corpo de muitas adolescentes deixou de ser tão curvilínio e ganhou contornos mais andróginos, com cinturas praticamente inexistentes.

Os tempos mudam, as modas também. O olhar volta a habituar-se a silhuetas mais marcadas e as cinturas estreitas voltam a estar no centro das atenções. Foi assim nos coordenados de Verão e assim será no próximo Inverno.

O post de hoje é dedicado às calças. Às pantalonas, para ser mais precisa, ou wide leg trousers, se quiseremos ser mais trendy nos modos.

Será que só podem ser usadas por mulheres altas e magras? Não. Algumas dicas para as mais baixinhas e curvilíneas:

– Optem por modelos sem pregas na zona da cintura para não acrescentar volume na zona da barriga

– Coordenem as calças com partes de cima em tons aproximados (tudo numa paleta mais escura) para criar uma silhueta mais longa e sem cortes

– Escolham um tamanho que fique fluido na zona da coxa para que caiam melhor

– Usem saltos altos para que a perna fique mais longa e deixem a bainha das calças o mais comprida possível. Não precisa de tocar no chão. Em produção de moda resulta, na vida real nem tanto. O resultado serão calças estragadas em dois tempos.

Ideias para todos os gostos

wideleg1coreneutro

widelegclassics

widelegmeiaestacao

widelegsilk

widelegsummer

widelegwork

Algumas dicas extra:

– Em contextos de trabalho evitem modelos demasiado largos e com transparências

– Procurem partes de cima mais discretas para que a peça forte do conjunto sejam as calças

– Escolham cores vivas e coordenem com tons neutros, o resultado fica mais atual

– Se nunca experimentaram este tipo de modelo, arrisquem, podem ter uma boa surpresa

 

 

Os novos básicos – as calças pretas

Como já falei aqui, a Consultoria de Imagem deve adequar-se aos tempos que correm.

Na nova rúbrica do Newsblog vamos começar a falar dos NOVOS básicos que podem ser muito variados!

As calças pretas são as primeiras peças a ser reavaliadas. Serão mesmo imprescindíveis?

Há muitas pessoas que não gostam de preto e é para elas que vai este post.

Para quem gosta, espero que sirva de inspiração.

Escolhi 3 modelos de calças com um corte a direito e em 3 cores diferentes – camel, azul escuro e cinza. Funcionam na perfeição para diferentes ocasiões.

Se quiserem saber quais são as marcas das peças que foram usadas nos coordenados, enviem um mail para blossom@blossom.pt ou deixem um comentário neste post.