Arquivos da Categoria: Figuras de Estilo

Sobre o dia de hoje

Celebra-se hoje o dia da mulher e as opiniões sobre esta comemoração dividem-se. Para uns, é completamente desnecessária – “Para quê marcar uma diferença?” Ao fazê-lo, é quase como se as mulheres ainda tivessem que provar alguma coisa num tempo em que isso já não deveria fazer qualquer sentido. Do meu ponto de vista, infelizmente, ainda faz.

O lugar das mulheres na sociedade foi uma conquista. A luta pela igualdade de direitos, por uma voz activa, por respeito e credibilidade, exigiram muito esforço. E continuam a exigir. Ainda há um caminho grande pela frente. É uma questão política. É também uma questão de mudança efectiva de mentalidades e de educação. Acredito que esse tempo vai chegar.

Remetendo para a área em que trabalho e para o contexto deste blog, faz sentido falar da imagem da mulher como reflexo da sua identidade e forma de expressão. O estilo pessoal, enquanto linguagem própria, materializa-se naquilo que escolhemos usar, na forma como nos maquilhamos, no corte de cabelo, nas cores, acessórios ou padrões. A construção da nossa imagem é algo que dá imenso prazer. E ainda bem que assim é.

18391cece9a95b6d67cff6853cc888de

diam2016

Em jeito de celebração, deixo-vos o video de uma mulher inspiradora. Partilho-o sempre numa das aulas do curso de consultoria de imagem. São palavras sábias sobre estilo e expressão individual.

Espero que gostem.

 

 

BBrepetto

Style Icon – Brigitte Bardot

Com 80 anos comemorados no passado domingo, Brigitte Bardot marcou a década de 50 e 60 na moda, na representação, na sua carreira musical e atualmente como ativista dos direitos dos animais.

brigitte-bardot-mac

A importância de BB na indústria da moda é  notória. Com o modelo de sabrinas Cendrillon da marca Repetto, surgem as primeiras sabrinas da marca criadas em 1956 especialmente para a atriz. O modelo ainda é comercializado e é um dos mais bem sucedidos. A marca Lancel possui uma carteira chamada Brigitte Bardot que vai sendo reinventada estação após estação e existe também uma marca de roupa em sua homenagem chamada precisamente – Brigitte Bardot. Podem vê-la aqui.

Aproveitamos a ocasião para revisitar alguns dos estilos mais marcantes desta
musa do cinema francês. Óptimas fontes de inspiração, concordam?

bbardot2

bb01

Brigitte-Bardot-4

brigitte-bardot_bag_web1

bardotrepetto

Brigitte-Bardot-google

Anna Piaggi – 1931/2012

Hoje o mundo da moda perdeu uma das suas figuras mais marcantes.

A mítica Anna Piaggi partiu aos 81 anos. Para mim será sempre uma das maiores referências de criatividade e estilo. São poucas as pessoas que encontram uma imagem original. Piaggi fê-lo com liberdade e um profundo conhecimento sobre a moda.

As “Doppie Pagine” da Vogue Itália que guardei religiosamente têm agora um peso maior. Vão ser uma recordação de uma das mulheres que mais contribuiu para a relação emocional que tenho com a moda.

 

Meet Tom Pecheux!

Tom Pecheux trabalha desde 2009 como director criativo de maquilhagem da Estée Lauder. É responsável pela definição da direcção artística da próxima geração de maquilhagem da marca.

A comunicação do que é a beleza actual chega à imprensa e aos líderes de opinião do mundo da moda e da beleza através da sua filosofia de maquilhagem – para Tom Pecheux, a maquilhagem deve ser usada para realçar e não para esconder ou embelezar.

É um dos mais requisitados maquilhadores da actualidade e o seu trabalho para desfiles da Prada, Yves Saint Laurent, Ralph Lauren, Givenchy, Balmain, Marni, Max Mara e Jean-Paul Gaultier foi muito elogiado.

Colabora regularmente em editoriais para a Vogue italiana, francesa e americana e também para a Vanity Fair e para a V.

Pecheux iniciou a sua carreira como assistente da mítica maquilhadora Linda Cantello e desde o início dos anos 90 que manteve uma relação de proximidade com nomes como Mário Testino e Carine Roitfeld. Tem trabalhado com fotógrafos de referência como Testino, Patrick Demarchelier, Mário Sorrenti, Peter Lindbergh, Craig McDean, Inez Van Lamsweeerde e Vinoodh Matadin.

Entre 2001 e 2006 substituiu o virtuoso Serge Lutens na Shiseido e criou a inovadora “Shiseido The Makeup”. Quando esta parceria terminou, Pecheux ficou conhecido como o responsável pela transformação de um dos maiores impérios da cosmética actual.

Actualmente, o maquilhador francês é reconhecido como um dos mais talentosos da actualidade e é altamente requisitado pela sua abordagem sofisticada ao conceito de glamour parisiense.