Arquivos da Categoria: Cor

Para perder o medo das cores

Uma das formas mais comuns para usar uma peça de cor viva é misturá-la com PRETO. É assim que vejo a maioria das clientes e alunas da Blossom a coordenar a sua roupa. Quando não é preto, é ganga. Estas duas áreas de segurança têm dois problemas:

1 – O preto destaca qualquer cor que se coloque ao seu lado. Por ser tão escuro, o contraste sobressai e a cor é sempre muito evidente. Para muitas pessoas, até em demasia. Então, aquelas calças encarnadas acabam por sair muito pouco do armário.

2 – A ganga, no seu universo de segurança e discrição, acaba por se tornar aborrecida. Coordenar uma peça com cor com calças de ganga, dia após dia, cria a sensação de que não há nada de novo e de que a pessoa se veste sempre da mesma forma.

corganfablossomic

corpretoblossomic

Para contrariar estes dois aspectos, a minha sugestão é que percam o medo e misturem cores. Há muitas formas de o fazer, com base no círculo cromático, nas tendências ou, simplesmente na intuição. Pessoalmente, sou fã desta última. Por mais que possam existir harmonias de cores estudadas e que “ficam bem” entre si, se o nosso gosto lhes torcer o nariz, para quê forçar?

Deixo-vos algumas sugestões e se ficarem com vontade de ver ainda mais, podem visitar o Pinterest da Blossom, aqui.

corescores1

corescores3

corescores4

corescores2

Com vontade de experimentar? Arrisquem porque é divertido. E se sentirem a necessidade de ficar a conhecer a paleta de cores que melhor favorece o vosso rosto, podem experimentar o nosso Estudo de Cores.

Fórmulas Olivia

Olivia Palermo. Há quem a adore e, como não podia deixar de ser, quem não lhe ache piada nenhuma. Por aqui, gostamos e foi por isso que fizemos uma selecção de imagens para encontrar algumas fórmulas.

A maneira como constrói os seus looks cativa muita gente. Escolhe materiais e formas relativamente clássicas para depois coordenar com acessórios mais trendy. É mestra na mistura de padrões e, acaba por inspirar muitas mulheres porque o risco é sempre muito controlado. Seja pelo pendant de cores ou pela forma clássica como usa o cabelo, a maquilhagem ou a manicure.

Então vamos olhar com atenção.

Fórmula 1 – Matchy Matchy

Se há uma peça mais trendy (na primeira imagem temos o bomber jacket, na segunta as culottes turquesa e na terceira o colete), tudo o resto fica a condizer. Há uma repetição de cores nos acessórios e na roupa para que a peça se destaque e as outras não lhe tirem protagonismo.

opformula2

 

Fórmula 2 – Mixed prints

Os padrões misturados são uma das suas imagens de marca mas, reparem na forma controlada como o faz. Nestas três imagens, a repetição de cores, mantém tudo harmonioso e agradável ao olhar. Para quem gostava de experimentar mas tem pouca coragem, esta pode ser a maneira mais simples de o fazer. Escolham uma repetição de cor (branco e preto é o mais fácil) e do motivo do padrão. Veja a imagem do meio – cores iguais e riscas com riscas.

opformula4

 

Fórmula 3 – Keep it simple

Quando as peças de roupa são simples e clássicas funcionam como uma tela onde os acessórios ficam com o protagonismo. A chave será – roupa lisa +  acessórios vistosos. E assim, porque não arriscar? Esqueçam a carteira a condizer com os sapatos. Já não estamos em 2004. A realidade agora é mais divertida.

opformula1

 

Fórmula 4 – Flat shoes nada aborrecidos

Mesmo quando não há saltos altos, os coordenados são bem trabalhados. E se repararem, há uma repetição do que falámos acima. Na primeira imagem, o colar e a pulseira fazem pendant com as cores das sabrinas. Na segunda imagem, o decote vertiginoso usado de dia foi imediatamente suavizado com um lenço de menina bem comportada e sabrinas nude. E por fim, os sleepers bordados acrescentam interesse aos tons (quase) monocromáticos do coordenado que ainda inclui uma mini bag turquesa.

opformulas4

Uma das sugestões que faço às minhas clientes é que desenvolvam hábitos de pesquisa e reúnam imagens de que gostam e que as inspirem nas suas escolhas diárias.

Espero que estas sugestões vos ajudem e sejam ideias novas para o vosso dia a dia. E não se esqueçam de que há um lado divertido na moda. Não levem tudo tão a sério e esqueçam os certos e errados. Não estão escritos em lado nenhum.

10 tendências

A convite da produção do Agora Nós da RTP 1, fui ontem falar sobre tendências para a próxima estação.

Deixo um resumo das principais tendências de senhora, numa versão street style.

Anotem:

1-Riscas largas e coloridas. (verticais ou horizontais)

2 – Inspiração nos anos 70 (camurças, calças à boca de sino, franjas, tons terra, sandálias com plataformas altíssimas)

3 – Romance (vestidos lingerie, folhos, rendas, ombros à mostra)

4 – Metalizados (brilhar durante o dia – porque não?)

5 – Ganga (look integral – vejam como usar aqui)

6 – Saias midi (continuam a usar-se a direito ou rodadas)

7 – Blocos de cores fortes

8 – Blusões (os bomber jackets querem-se bordados ou estampados)

9 – Carteiras pequeninas ou mochilas

10 – Brincos ao poder – quanto mais vistosos, melhor

trendsss20162 trendsss20163 trendsss20164 trendsss20161 trendsss2016

Qual é a vossa preferida? Vão escolher alguma para esta estação?

The blues

Foi em França, no século XVII que surgiu a palavra denim. Nasceu da expressão serge de Nîmes e não era ganga. Era um tecido feito de seda e lã.

EUA – século XIX: o algodão pesado, tingido de anil e usado em roupas de trabalho fabris ganhou o mesmo nome.

A ganga, tal como a conhecemos hoje em dia, é um dos materiais mais comuns por esse mundo fora e a sua presença na moda tem sido cíclica. Infomal por excelência, tem sido tendência repetente nas últimas estações.

E agora que a Primavera está mesmo à porta, faz sentido olhar para a ganga com um pouco mais de atenção. E porque nem só de calças vive uma mulher, sites como o net-a-porter ou o Asos, criaram uma categoria específica para incluir um pouco mais do que as blue jeans.

Deixo-vos uma selecção de coordenados inspiracionais, versão street style.

Denim3

Para as corajosas. Porque é que estes dois coordenados resultam? Porque as texturas são diferentes. No primeiro, a t-shirt, o acolchoado do casaco, o lenço e a clutch acrescentam informação e quebram  a monotonia do azul. No segundo coordenado, embora o material seja o mesmo, as texturas fazem com que haja diferentes pontos de foco, o que torna tudo mais interessante.

Denim8

Nestes dois coordenados há um espírito ligeiramente andrógino e elegante que funciona bem. O ton sur ton do primeiro é realçado pelos acessórios masculinos e pelo corte do casaco. No segundo, a piada está no contraste entre o volume do blusão e os sapatos mais delicados. São ambos urbanos e fáceis de usar.

Denim5

Estrutura e fluidez – O primeiro look tem um ar mais arrumado porque a ganga foi coordenada com um blazer clássico e acessórios sofisticados e rígidos (clutch e pulseira). A fluidez da carteira e do casaco fazem com que o segundo fique num plano completamente informal.

Denim6

White and blue – o casamento perfeito. A ganga desfiada é de evitar em ambientes de trabalho, a não ser que sejam áreas bastante criativas.

Denim4

Bad girl VS Good girl – Denim em versão rockeira ou em versão romântica. O preto acentua o lado mais rude da ganga. Os tons pastel e os sapatos nude, dão-lhe uma leitura completamente diferente, de menina bem comportada.

Denim7

Acessórios ao poder – camurças, pele, lenços, franjas e um eterno clássico – ganga + pratas e turquesas. Não há como falhar.

Denim2

Country girl – jardineiras e saltos quadrados ou ombros à mostra, folhos e uma saia rodada – duas versõs citadinas com um espírito campestre e primaveril como pano de fundo.

As opções são muitas e, se não conseguem viver sem ganga, inspirem-se e entrem neste blue spirit sem tristezas.

Monday mood

Inspiração em tons neutros para segunda ou para a semana.

MM2016

Tons pastel e flores. Uma combinação intemporal com um olho na primavera. Para as mais baixinhas, o ideal é usar estas peças com saltos altos. Escolham uns em nude – alongam a perna e são o melhor truque para vos dar uns cms extra.

 

mm20164

Texturas misturadas – lã, camurça e tachas, brincos em osso e botins em pele. A camisa branca e a carteira com corte mais clássico atenuam o espírito boho e fazem com que este coordenado possa funcionar em ambientes de trabalho informais. Se o vosso dress code for semi-formal, troquem as botas por uns sapatos como os do look anterior.

 

mm20163

Os apontamentos brilhantes no colarinho fazem com que este coordenado se torne mais sofisticado. Acrescentem cor com um baton e um verniz encarnados.

 

mm20161

Metalizados, preto e branco e um apontamento de cor – uma fórmula fácil fácil se querem uma imagem trendy e elegante ao mesmo tempo.

 

MM20162

E para quem não prescinde do conforto, as peças fluídas são o ideal. Juntem-lhes cor, uns ténis e uma carteira a tiracolo.

As marcas estão todas aqui.

Monday mood

Inspiração para hoje: cor! Três looks para esta segunda-feira que se quer energética e divertida!

As propostas incluem um pouco daquilo que a nova estação nos vai trazer – tons pastel, o luxo desportivo, os metalizados no dia a dia, os padrões fortes, os bomber jackets, os brincos compridos e as carteiras brancas.

Mondaycolor2

Monadycolor1

Mondaycolor3

As marcas estão todas no Polyvore da Blossom, aqui.

Chuva

É segunda-feira e precisamos de energia. Este tempo não anima ninguém mas, o que escolhemos usar pode dar um empurrão e fazer com que o mood seja muito mais energético e divertido.

Para as fãs de culottes, este coordenado resulta bem. Há melhor ideia do que calças curtas para a chuva? Básicos com um twist, tons neutros e um baton forte. É uma fórmula fácil fácil.

Chuvablog111

Para as eternas neo hippies, a coordenação de padrões pode ser o boost necessário para enfrentar o dia cinzento sem grandes tristezas. Chapéus de abas largas evitam o frizz no cabelo e teletransportam-nos para os 70’s num ápice.

Chuvablog11

E para as minimalistas que têm sempre um olho nas tendências, nada como um bom casaco a fazer lembrar os 40’s, combinado com lantejoulas. Brilhar um pouco num dia cinzento não é uma má ideia. Podemos piscar o olho à primavera com uma carteira em tons pastel.

Chuvablog

As peças estão todas no Polyvore da Blossom. Podem seguir tudo aqui.

Tenham uma boa semana!

Workshops em Lisboa – últimas inscrições

Os workshops “Será que me fica bem?” e “Estilo: mais por menos” estão marcados para este Sábado e já restam poucas inscrições.

O primeiro decorre entre as 10h e as 13h e é um workshop de consultoria de imagem onde podem descobrir qual é o vosso tipo de corpo, quais as regras da consultoria a aplicar e quais as cores ideais para o vosso tom de pele.

9a50c991946215407f1fa3c9b6e0bee1

 

No workshop da tarde (15h às 18h), vamos falar de estilo pessoal e da sua evolução e manutenção. Vamos ainda explicar como se faz uma boa gestão do guarda-roupa e partilhar sugestões para sessões de compras mais eficientes!

 

fb5f9f5a3f08654d5f686a0a4070e8c8

 

Apressem-se a reservar os vossos lugares através do e-mail workshops@blossom.pt

 

Workshops Blossom – Lisboa e Porto

A Blossom lança novas edições dos workshops “Será que me fica bem? e “Estilo: mais por menos”, já no dia 7 de Fevereiro, em Lisboa.

A grande novidade é que, depois de muitos pedidos, vamos estar também no Porto, mais precisamente, em Matosinhos, no dia 28 de Fevereiro.

O primeiro workshop inclui a análise do tipo de corpo das participantes, a aplicação das regras de consultoria de imagem e um estudo de cores personalizado.

fb5f9f5a3f08654d5f686a0a4070e8c8

O workshop “Estilo: mais por menos” aborda os diferentes estilos pessoais, regras para uma boa organização do guarda-roupa e sugestões para sessões de shopping mais eficientes.

Podem reservar os vossos lugares aqui.

WORKSHOPS LISBOA – 7 de Fevereiro – Blossom Image Consulting – Av. António Augusto de Aguiar, 24 – 3º Esq.

WORKSHOPS PORTO – 28  de Fevereiro – Lexo Coworking – Rua Roberto Ivens, 279 – Matosinhos

b0d1bf7b01cf40148a03d743eaa77ff9

For the love of black

Voltou o frio e com ele os casacos e camisolas. Inevitavelmente, temos tendência para escurecer a paleta de cores nesta altura do ano. Embora as opções sejam numerosas – pensem em azul escuro, bordeaux, cinzas, castanhos ou verdes – a verdade é que o preto faz parte do guarda-roupa de quase toda a gente. E vamos sempre lá parar, seja num acessório, num casaco ou numas calças. Dá jeito. Faz-nos sentir protegidas e elegantes.

Por aqui é uma das cores preferidas. E é por isso que o post de hoje é dedicado aos looks integrais em preto. Para que consigam uma imagem elegante e sofisticada sigam as sugestões:

Mix de texturas – pele, lãs (fazendas grossas ou finas), malhas, sedas,pêlos, brilhos. Vale misturar texturas diferentes para conseguir um resultado sofisticado. Não há nada pior do que um look total em preto onde as peças são “quase parecidas” em termos de material. O “quase” estraga tudo e o resultado torna-se enfadonho.

allblacktext

allblackmat

 

– Estrutura – Se optarem por peças com cortes bem marcados, o resultado torna-se ainda mais elegante e sofisticado

allblackstructure

 

– Sobreposições – combinem peças com alturas diferentes e joguem sobreposições

allblacksobrep

 

Acesórios poderosos – escolham peças com brilhos, texturas marcadas ou apontamentos metalizados.

allblackaccessories2

allblackacessories

 

– Noite – Sedas, sandálias, conjugações de malhas com transparências e materiais nobres – tudo apostas certeiras

allblacknoite

 

O preto é uma cor que pesa sempre um pouco junto ao rosto e por isso, não se esqueçam da makeup. Sigam este passo a passo para um look clean e eficaz!