Para perder o medo das cores

Uma das formas mais comuns para usar uma peça de cor viva é misturá-la com PRETO. É assim que vejo a maioria das clientes e alunas da Blossom a coordenar a sua roupa. Quando não é preto, é ganga. Estas duas áreas de segurança têm dois problemas:

1 – O preto destaca qualquer cor que se coloque ao seu lado. Por ser tão escuro, o contraste sobressai e a cor é sempre muito evidente. Para muitas pessoas, até em demasia. Então, aquelas calças encarnadas acabam por sair muito pouco do armário.

2 – A ganga, no seu universo de segurança e discrição, acaba por se tornar aborrecida. Coordenar uma peça com cor com calças de ganga, dia após dia, cria a sensação de que não há nada de novo e de que a pessoa se veste sempre da mesma forma.

corganfablossomic

corpretoblossomic

Para contrariar estes dois aspectos, a minha sugestão é que percam o medo e misturem cores. Há muitas formas de o fazer, com base no círculo cromático, nas tendências ou, simplesmente na intuição. Pessoalmente, sou fã desta última. Por mais que possam existir harmonias de cores estudadas e que “ficam bem” entre si, se o nosso gosto lhes torcer o nariz, para quê forçar?

Deixo-vos algumas sugestões e se ficarem com vontade de ver ainda mais, podem visitar o Pinterest da Blossom, aqui.

corescores1

corescores3

corescores4

corescores2

Com vontade de experimentar? Arrisquem porque é divertido. E se sentirem a necessidade de ficar a conhecer a paleta de cores que melhor favorece o vosso rosto, podem experimentar o nosso Estudo de Cores.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *